Ouvir – Falamos muito e ouvimos pouco

Os 5 sentidos são absurdamente importantes em nosso desenvolvimento pessoal. Desde os nossos primeiros passos deveríamos nos conscientizar de que precisamos apurar os nossos ouvidos.


Falamos muito e ouvimos pouco demais, porque não fomos convidados a compreendermos a grande necessidade que é estarmos atentos a todos os sons.


Nosso primeiro exercício para expandir nossa “escuta” chama-se audição diagnóstico. A cada final do dia eu posso, devo ou deveria considerar como uma boa sugestão a reflexão: o que ouvi hoje? As pessoas que passaram por mim, deixaram recados, solicitaram acordos – quanto eu tenho de memória auditiva desse meu dia?


O volume com que escutamos ouvir os sons que nos cercam é revelador do nosso estado interior, quanto mais dispersos, mais alto colocamos a música, mais alto é o tom da nossa voz. Vamos perceber como lidamos com nossa audição e vamos caprichar na qualidade do som oferecido a elas.


É uma proposta. Esse é um passo enorme que daremos em direção a abrirmos espaço para a construção da nossa alma.


Só por hoje: quando encontrar uma pessoa, vou olhar nos olhos dela e ficar absurdamente atenta ao que disser. Será capaz de reproduzir completamente a noite?

© 2019 Sandra Perin